Pós-graduação em necessidades educativas especiais - Vila Nova

Quarta-feira, 16 Maio 2018

Detalhes do anúncio

Cidade: Vila Nova, Porto
Operação: Oferecido
Preço: € 540

Contato

Nome Alexandre Oliveira
Número de telefone 220965669

Detalhes da publicação

INSCRIÇÕES ABERTAS
Entidade Formadora Certificada pela DGERT
1.Cognos Formação e Desenvolvimento Pessoal
Site: www.cognos.pt
Telefone: 220965669 ou 910415337
Em qualquer parte em formato e-Learning
2. SAÍDAS PROFISSIONAIS
- Exercer docência na área das NEE em entidades de ensino particulares.
- Concursos em Autarquias com projetos educativos no âmbito das NEE.
- Ministrar formação profissional ao nível de cursos EFA (educação e formação de adultos), de níveis B3 (9 º ano) e NS-Nível secundário (12º ano), desde que possua além da sua licenciatura o CAP (certificado de aptidão profissional). São exemplos destes cursos com unidades de formação de curta duração (UFCD) 25 horas a 50 horas na área da educação especial, os cursos de Auxiliar de Ação Educativa e Técnico de Ação Educativa, entre outros.
- Prestar apoio pedagógico na área das NEE em Unidade de Intervenção Especializada-Multideficiência
- Exercer funções em instituições de apoio a crianças com NEE
Exemplos de UFCD que poderá ministrar:
- Crianças com Necessidades Específicas de Educação
- Formas de Intervenção Precoce em Crianças com Necessidades Específicas de Educação
- Intervenção Pedagógica em Crianças com Necessidades Específicas de Educação
- Atividades Pedagógicas com Crianças com Necessidades Específicas de Educação.
NOTA: Para concorrer ao concurso nacional de professores, aos grupos 910 / 920 (Educação Especial) deverá realizar uma Pós-Graduação acreditada pelo CCPFC (Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua - Universidade do Minho
3. OBJETIVOS
Esta Pós-Graduação surge como resposta à inquestionável importância da temática das Necessidades Educativas Especiais e, à emergente procura de profissionais especializados nesta área.
Que características possuem as crianças que necessitam de NEE? Quais as melhores metodologias para as ensinar e acompanhar? Como devem os técnicos e professores lidar com as crianças?
4. PLANO CURRICULAR
Módulo 1: Necessidades Educativas Especiais (Enquadramento Legal
Módulo 2: Objetivos da Educação Especial
Módulo 3: Público-alvo da Educação Especial
Módulo 4: Intervenientes no processo das NEE(s
Módulo 5: Processo de referenciação e avaliação segundo a classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade de Saúde (CIF
Módulo 6: Resposta aos alunos com NEE
Módulo 7: Resposta aos alunos com dificuldades de Aprendizagem/Integração no ensino regular
Módulo 8: Instrumentos de apoio à prática, Tecnologias de apoio
Módulo 9: Projeto de intervenção
5. CERTIFICADO
No final da formação os formandos aprovados receberão 2 Certificados:
•Certificado emitido pela Cognos, que descreve detalhadamente os objetivos gerais, conhecimentos e competências adquiridas, plano curricular, avaliação obtida e metodologia de avaliação;
•Certificado de Formação Profissional emitido através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.
O Certificado de Formação Profissional de Pós-Graduação é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores. A emissão é realizada através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.
O certificado emitido é válido para a obtenção de créditos (ECTS), na candidatura a um Mestrado ou Doutoramento, ao abrigo do Tratado de Bolonha. Nos termos do disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, retificado pela Declaração de Retificação n.º 81/2009, de 27 de outubro, e Decreto Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto, com republicação, tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico (Mestrado ou Doutoramento), os estabelecimentos de ensino superior poderão creditar ECTS.